COMPAIXÃO GERA FELICIDADE

COMPAIXÃO GERA FELICIDADE

 

“O que se compadece dos pobres é feliz” (Provérbios 14:21).  

 

Numa sentença com apenas 30 letras duas extraordinárias lições. Vejamos:

Primeira, compaixão gera felicidade. Compaixão é o sentimento que desperta tristeza pelo estado do outro e move a pessoa a amenizar a dor de quem sofre. Compaixão é colocar-se no lugar do outro e sentir suas dores. Parece estranho, mas a compaixão é a felicidade de sentir a tristeza do outro. A compaixão é um combustível para ser feliz. O texto sagrado ratifica esta verdade: “O que se compadece dos pobres é feliz”.

Segunda, a compaixão é um sentimento em ação. Não basta se compadecer dos pobres, sentir suas dores, mas fazer algo para diminuir seus sofrimentos. Infelizmente, muitos se compadeceram com os terremotos que mataram mais de 8.000 pessoas destruíram o Nepal, mas continuaram imóveis. Um novo terremoto fez tremer o Nepal, mas os corações de muitos continuam imóveis a despeito de algum sentimento de compaixão.

Eis uma verdade divina: Quanto mais nos envolvemos com a dor de quem sofre, mais felizes seremos.

 

ORAÇÃO: Querido Deus, ajuda-me colocar em prática a compaixão pelos pobres. Que a minha tristeza com a situação de dor daqueles que sofrem seja manifesta em atitudes.

O que dizem sobre nós

Só uma escola com uma excelente estrutura, pode oferecer o melhor para nossos filhos, estrutura essa, tanto em suas instalações, quanto acadêmica e espiritual. Ricardo Luis

"Eu gostei de aprender de forma prática sobre os paralelos e meridianos. Eu gostei de fazer a bola com a minha mãe, usando barbante, cola de isopor e alfinetes".  Ana Cecília - 6º ano A

«
»