Meditações

A SATISFAÇÃO DE ESTAR VIVO

A SATISFAÇÃO DE ESTAR VIVO

 

“Tendo sustento e com que nos vestir, estejamos contentes” (1 Timóteo 6:8).

 

A jornalista e colunista Martha Medeiros citando Mário Quintana em um de seus artigos disse: “Faça o que for necessário para ser feliz. Mas não se esqueça que a felicidade é um sentimento simples, você pode encontrá-la e deixá-la ir embora por não perceber sua simplicidade”. Não sei se Martha Medeiros conhece o texto sagrado acima, mas é exatamente isso que o apóstolo Paulo diz a Timóteo: “tendo sustento e com que nos vestir, estejamos contentes”.

A satisfação na vida e com a vida não depende de ostentação. A beleza da vida está na simplicidade da vida. A beleza da vida é estar vivo. Tão claro, tão óbvio e tão simples. Estar vivo, uma mesa, uma veste, eis a beleza da vida nas palavras de Paulo. De novo citando Martha Medeiros: “A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos, na prudência egoísta que nada arrisca, e que, esquivando-se do sofrimento, perdemos também a felicidade”.

Que possamos no corre-corre da vida pararmos para vivermos a vida que vale á pena ser vivida. A vida simples que contempla gente e não coisa. A vida simples que não precisa do muito, mas ser um amante da vida que encontra beleza num prato de comida e numa peça de roupa.Assim, ouçamos o apóstolo dizendo novamente: “Tendo sustento e com que nos vestir, estejamos contentes”.

 

ORAÇÃO: Querido Deus, ajuda-me a enxergar beleza nas coisas simples da vida. Livra-me de desperdiçar momentos preciosos da vida na busca daquilo que não traz satisfação.

Athos no Facebook

Athos & Meditações

O que dizem sobre nós

Só uma escola com uma excelente estrutura, pode oferecer o melhor para nossos filhos, estrutura essa, tanto em suas instalações, quanto acadêmica e espiritual. Ricardo Luis

"Eu gostei de aprender de forma prática sobre os paralelos e meridianos. Eu gostei de fazer a bola com a minha mãe, usando barbante, cola de isopor e alfinetes".  Ana Cecília - 6º ano A

«
»