Meditações

PROVADO PELA ALEGRIA

PROVADO PELA ALEGRIA

 

“Disse comigo: vamos! Eu te provarei com a alegria; goza, pois, a felicidade; mas também isso era vaidade” (Eclesiastes 2:1).

 

Há muitas maneiras de se provar um homem, mas o sábio do livro de Eclesiastes descobriu uma inusitada: “Eu te provarei com a alegria”. De fato, há sabedoria nas palavras acima, senão vejamos:

Nem toda a alegria deste mundo pode preencher o vazio da alma. O autor sagrado reconhece isso quando diz: “isso era vaidade”. O sábio no texto não priva sua vida de nada, aliás, faz um convite para si mesmo: “goza, pois, a felicidade”. À semelhança do sábio, muitos não têm negado nenhuma felicidade aos pedidos constantes da alma, mas mesmo assim continuam carentes de felicidade. A fartura de prazeres não sacia a alma.

Pensando encontrar a felicidade plena em si mesmo o sábio se decepciona ao saber que mesmo não negando nenhum prazer a sua alma, o vazio continuava. Aqui está a resposta. O homem não pode viver completamente feliz longe de Deus. Todo esforço é inútil. Nada se compara à alegria de andar ao lado de Cristo todos os dias. Só Ele pode satisfazer a alma. A felicidade não está nos bens materiais ou em gozá-la sem limites, mas em Deus. Felicidade sem Deus é vento, vaidade.

Parece paradoxal, mas é convidando a alma para desfrutar toda felicidade que descobrimos nossa infelicidade. Toda felicidade que um homem pode experimentar nesta vida, sem Deus, transforma-se num grito de desesperança: vaidade! Felicidade sem Deus é a prova que não há felicidade sem Deus!  

 

ORAÇÃO: Querido Deus, livra-me de querer provar para mim mesmo que existe felicidade duradoura longe do Senhor.

Athos no Facebook

Athos & Meditações

O que dizem sobre nós

Só uma escola com uma excelente estrutura, pode oferecer o melhor para nossos filhos, estrutura essa, tanto em suas instalações, quanto acadêmica e espiritual. Ricardo Luis

"Eu gostei de aprender de forma prática sobre os paralelos e meridianos. Eu gostei de fazer a bola com a minha mãe, usando barbante, cola de isopor e alfinetes".  Ana Cecília - 6º ano A

«
»