Meditações

CUIDADO COM A PRECIPITAÇÃO EM JULGAR

CUIDADO COM A PRECIPITAÇÃO EM JULGAR

 

“Não é bom proceder sem refletir, e peca quem é precipitado.” (Provérbios 19:2).   

Conta-se que uma garotinha chega da escola em prantos gritando:

- Mamãe, mamãe, mamãe.

A mãe muito preocupada vai logo perguntando:

- O que foi, minha filha? Ao que responde a garotinha:

- Hoje ... na escola... me colocaram de castigo. Brava a mãe indaga:

- De castigo? Por quê?

- Por uma coisa que eu não fiz. Responde a garotinha.

- Respirando vingança a mãe diz:

- Mas isso é um absurdo! Vamos lá, vou falar já com a diretora e, se for o caso, denunciá-la. A mãe nem troca de roupa pega pela mão a menina e parte em disparada rumo à escola.

No caminho, vendo que a filha estava um pouco mais calma, a mãe resolve perguntar:

- E o que foi que você não fez, minha filha?

Meio sem graça a filha responde:

- A lição de casa... buáááá...

A historinha acima e o texto sagrado acima alertam para o perigo do julgamento precipitado. Há duas boas razões para evitarmos o julgamento precipitado. Vejamos:

Primeira, é um risco enorme julgar sem refletir. Diz o texto: “não é bom proceder sem refletir”. Se não é bom, logo é ruim. Aliás, é péssimo proceder sem refletir. Grandes embaraços podem ser causados quando agimos sem refletir.

Segunda, precipitação é pecado. Geralmente associamos pecado a matar, roubar, adulterar, mas precipitação também é pecado. O texto diz: “peca quem é precipitado”. A precipitação pavimenta a estrada que conduz ao erro e ao pecado.

Que o Senhor nos livre de julgamentos precipitados.    

Oração: Querido Deus, ajuda-me a ser bastante comedido nos meus procedimentos. Livra-me de emitir juízo de valor ou julgar alguém de maneira precipitada.

 

Athos no Facebook

Athos & Meditações

O que dizem sobre nós

Só uma escola com uma excelente estrutura, pode oferecer o melhor para nossos filhos, estrutura essa, tanto em suas instalações, quanto acadêmica e espiritual. Ricardo Luis

"Eu gostei de aprender de forma prática sobre os paralelos e meridianos. Eu gostei de fazer a bola com a minha mãe, usando barbante, cola de isopor e alfinetes".  Ana Cecília - 6º ano A

«
»