Meditações

TRÊS DICAS NA HORA DE FALAR

TRÊS DICAS NA HORA DE FALAR

 

“A vossa palavra seja sempre agradável, temperada com sal, para que saibais como vos convém responder a cada um” (Colossenses 4:6).

 

Já faz parte do vocabulário brasileiro dizer que um sujeito com desequilíbrio de humor, irritabilidade ruidosa, histérico, rude de modos, desaforado e de palavras grosseiras é um destemperado. No texto sagrado acima Paulo dá três dicas para que jamais sejamos taxados como pessoas destemperadas. Vejamos:

Primeira, “a vossa palavra seja sempre agradável”. Algumas pessoas têm voz de veludo, mas só quando querem. A ordem é “sempre”. E mulheres na TPM? Se as palavras não forem agradáveis serão pessoas destemperadas. Paulo não deixa margens para que as palavras de quem conhece a Cristo sejam desagradáveis. Em toda e qualquer circunstância a palavra do servo de Deus dever ser “sempre agradável”.

Segunda, use as palavras na medida certa. Há ora de falar, há ora de calar. Paulo usa a figura do sal para reforçar a importância da palavra certa na hora certa para a pessoa certa. Algumas pessoas gostam de comida com muito sal, outras não podem e não gostam de comida salgada. Precisamos dessa sensibilidade ao usar as palavras para não sermos pessoas destemperadas.

Terceira, saber responder a cada um como convém é uma virtude dos sábios. Infelizmente, pessoas destemperadas respondem tanto o idiota como ao sábio da mesma maneira. Pessoas destemperadas não sabem distinguir as pessoas na hora de falar.

A fala é reveladora. Como falar é revelador. Como nos dirigimos a quem falamos é revelador. Cuidado, pois na hora que você fala e como fala sua identidade é mostrada.  

 

ORAÇÃO: Querido Deus, ajuda-me a pensar mil vezes antes de falar. Livra-me de machucar as pessoas com o destempero das minhas palavras.

Athos no Facebook

Athos & Meditações

O que dizem sobre nós

Só uma escola com uma excelente estrutura, pode oferecer o melhor para nossos filhos, estrutura essa, tanto em suas instalações, quanto acadêmica e espiritual. Ricardo Luis

"Eu gostei de aprender de forma prática sobre os paralelos e meridianos. Eu gostei de fazer a bola com a minha mãe, usando barbante, cola de isopor e alfinetes".  Ana Cecília - 6º ano A

«
»