Meditações

REAÇÃO A JUSTIÇA

 

“Praticar a justiça é alegria para o justo, mas espanto, para os que praticam a iniquidade” (Provérbios 21:15).   

 

No texto sagrado acima há duas maneiras de reagir à prática da justiça e na reação à prática da justiça dois grupos se configuram. Vejamos:

Os justos têm prazer em praticar a justiça. Os justos se entristecem com qualquer forma e prática de injustiça. O texto sagrado diz:“Praticar a justiça é alegria para o justo”. Os justos amam a justiça. A reação dos justos à prática da justiça é de contentamento e alegria.

No entanto, no texto, a prática da justiça pode causar espanto, estarrecimento àqueles que praticam a iniquidade. Enquanto a prática da justiça causa alegria ao justo, aos praticantes da iniquidade a justiça causa espanto.

A prática da justiça pode colocar pessoas de lados opostos. Uns podem se alegrar com a justiça, já outros podem se indignar com a prática da justiça. Onde reina a justiça, os bons ficam felizes, mas infelizmente a reação pode ser diferente entre os maus. Os maus não se sentem bem onde a justiça impera. Aliás, os maus ficam apavorados onde reina a justiça.   

 

Oração: Querido Deus, ajuda-me a ser um praticante da justiça e me alegrar com a prática da mesma. Livra-me de estar na contramão da justiça seja ela de qualquer natureza.

 

Athos no Facebook

Athos & Meditações

O que dizem sobre nós

Só uma escola com uma excelente estrutura, pode oferecer o melhor para nossos filhos, estrutura essa, tanto em suas instalações, quanto acadêmica e espiritual. Ricardo Luis

"Eu gostei de aprender de forma prática sobre os paralelos e meridianos. Eu gostei de fazer a bola com a minha mãe, usando barbante, cola de isopor e alfinetes".  Ana Cecília - 6º ano A

«
»